Por Thais  Moreira, para Brasil Econômico

“Mudanças no cenário econômico e incorporação de novos contingentes de consumidores ao mercado exigem que médias e grandes empresas revejam seus conceitos.

Até alguns anos atrás, a visão predominante no mercado era de que produtos tangíveis e de qualidade eram vendidos por si só.

A mudança de perfil dos consumidores, a partir da incorporação de novos contingentes de compradores em potencial, mostra um cenário diferente: a sociedade está cada vez mais exigente, e as companhias têm um grande desafio pela frente: o de se reinventar.

Foi a partir dessa constatação que surgiu e se expandiu o branding, estratégia de reposicionamento utilizada tanto por médias empresas como pelas grandes corporações.

“Hoje em dia a preocupação das empresas não se limita apenas aos preços de seus produtos e à governança corporativa. Elas devem administrar os valores que a marca transmite para a sociedade”, afirma Andrea Janer, sócia da Redondo Design, consultoria de estratégia de marcas. (…)”

Leia matéria na íntegra no site do Brasil Econômico.