Por Blog do Refri

O brasileiro não tem o hábito de ler os rótulos dos produtos e acaba comprando gato por lebre. Pesquisa da Kantar Worldpanel revela que somente 44% dos consumidores das classes A e B, 38% da classe C e 30% das classes D e E têm o hábito de ler as informações contidas nas embalagens. Na prateleira de sucos, por exemplo, a maior parte dos produtos contém a palavra “néctar” no rótulo. Isso porque para ser considerado “suco” o produto precisa ser uma bebida não fermentada, não concentrada, não diluída e obtida de fruta madura, sã e, ainda submetida a tratamento que assegure a sua apresentação e conservação até o momento do consumo. Já o néctar leva água, açúcar ou adoçantes e um percentual de suco. Os de pêssego e abacaxi têm 40% da fruta. Uva e laranja, 30%. O de maracujá, 10%. Estima-se que apenas 10% das bebidas prontas de frutas sejam consideradas “suco”. O restante é néctar ou refresco. (…)

Leia na íntegra aqui: http://blogdorefri.blogspot.com/